Este espaço é destinado à reflexões sobre Tarô, Oráculos e Espiritualidade.

"Uma viagem pelas cartas do Tarô, é uma viagem às nossas próprias profundezas." Sallie Nichols em Jung e o Tarô


quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Arcano XVIII A Lua


"Não há despertar de consciência sem dor. As pessoas farão de tudo, chegando aos limites do absurdo para evitar enfrentar sua própria alma. Ninguém se torna iluminado por imaginar figuras de luz, mas sim por tornar consciente a escuridão." C.G. Jung. 

Esta concepção está implícita no Arcano 18 - A Lua - que fala justamente da nossa sombra. É dela - a sombra - que devemos ter consciência para que nossa luz possa brilhar com mais intensidade e liberdade. Para isso precisamos vencer os nossos medos e nossas inseguranças mais profundas, bem como os traumas de nossas experiências do passado.

Um bom dia de Luz a todos!